17/07/2016

fim de semana bom #5of14

Dois dias sem conduzir, sem maquilhagem, sem salto alto ou bota de biqueira de aço, sem agenda, com acesso restrito ao telemóvel. 
A minha Canon ao peito, amigos de sempre e amigos novos, piscina, praia, chinelo no pé e roupa soltinha, mini mala, churrasco e muita Somersby, NOVIDADEEEEES, jantares do melhor, vistas maravilhosas, muitos #coolplaces, bikini e fato de banho, protector solar, preguicinhas, celebrações, passeio, ... 
Lisboa, naquele que acredito ter sido o fim de semana mais quente do ano. Coração cheio.

O melhor do meu fim de semana:

1. O registo fotográfico. O resto, o resto fica do lado esquerdo do peito.
2. Não houve uso de telemóvel, mas houve uma máquina sempre pronta a disparar.
3. As fotografias que se seguem são altamente sugestivas, pelo que se conselha não prosseguir neste post de estômago vazio.

Leiria
Saímos do Porto já muito para além do horário previsto (culpa da M), num cansaço extremo, para um jantar (consequentemente atrasado) e reencontro com uma querida amiga. Regozijo de felicidade quando vejo as minhas pessoas bonitas seguirem e concretizarem sonhos de sempre e o Paddock é o resultado disso. Muito amor e dedicação num wine bar cheio de pinta em Leiria, da minha T.

Lisboa

No Tease







No Copenhagen Coffee Lab. Lisboa




No Noobai


Jantar com esta vista, 45 graus à meia noite, numa junção Porto e a minha parte de Lisboa, muita conversa e gargalhadas, muita sangria e Bairro Alto a seguir, é tudo dji bom. 




Na Leitaria Lisboa




Na House of Wonders

No centro de Cascais, um Café/Rooftop Vegetariano do mais giro e cosy que já vi. Ou almoçar às 16h e ser feliz.







NÓS na Boca do Inferno






Servicinho público: A noite em Lisboa foi marcada pelo booking e uma aposta ganha: Your home in Palácio Santa Catarina.

Começo a render-me a Lisboa (ao fim de semana vahhhhh)

Boa semana (que se adivinha doidinha)*
SHARE:
© serendipity. All rights reserved.