22/12/2016

minha sorte grande

Gosto muito de raspadinhas. 
Gosto da lotaria (e de ganhar), gosto de jogar no euromilhões (e de ganhar), gosto de ir ao bingo (e de ganhar) e só não gosto do Placard porque não percebo o racional do jogo.

Nas raspadinhas, onde mais aposto a minha fé inabalável, lá me vai saindo o suficiente para, como boa jogadora, comprar mais raspadinhas e alimentar a expectativa de um grande prémio. Ainda que o máximo que já me saiu tenham sido dez euros (shame on me, shame on me)...
...Até ao dia em que Ela me ofereceu uma "Aranha da Sorte". nada de estranho até aqui. ok, ok, eu tenho o hábito de comprar raspadinhas como mimo para as minhas pessoas bonitas e assim impeli-las para um grande prémio, por isso hoje Ela foi no quiosque e lembrou-se de trazer uma para mim. Só que não!!! Depois da "Aranha da Sorte" havia OUTRA RASPADINHA, a que atabafou o significado das demais. A raspadinha onde ganhei o prémio máximo.

Obrigada por teres sublinhado com este "Queres ser minha madrinha?" que as raspadinhas da amizade são as que mais nos enriquecem de vida. Amo-te.



SHARE:
© serendipity. All rights reserved.