03/07/2017

julho | e as cinco escolhas para este mês

Com a chegada de julho tomamos consciência que metade do ano já passou. e que tudo passa bem rápido. Demasiado rápido, às vezes.
E este julho vem acoplado de uma grande responsabilidade, de me surpreender e de não ficar aquém dos dois meses que o precedem. Deliciosos demais.

Em junho concretizei (finalmente) uma das viagens da minha vida, que marca o início da segunda parte dela, e por isso julho significa recomeço (e todos os re-).

Os desejos, planos, sonhos, ambições e a #todolist de um julho que se quer bonito.



body balance & yoga & pilates & you name it
Por aqui temos toda uma lesão nas costas para tratar. E associado ao tratamento terapêutico do Osteopata onde estou a ser seguida há uma série de recomendações e trabalhos de casa para cumprir, que passam obviamente pelos #balanceyogapilatespiscina desta vida. Fiz ontem a minha primeira aula de Body Balance, e não obstante a falta de flexibilidade e a minha performance deficitária comparada com os coleguinhas, vai que até gostei.


ginásio 
Andei basicamente um mês à vontadinha, leia-se sem pôr lá os pés. A lesão e o facto de estar condicionada na prática de muitos exercícios, as férias (maior sabotador a tudo o que é vida saudável e activa), muita letargia no pós-férias e muitos compromissos não compatíveis com o meu treino matinal, resultaram num mês de pausa. E devo dizer que me soube bem, que precisava de o fazer, apesar de não ter sido planeado, mas agora está na hora de voltar. Sem operações-biquíni, nem corpos de verão, nem as gordurinhas ai-ai. São 30 e muita maturidade.


eventos
Em plena época alta, o que me move, o que tira horas às minhas pessoas bonitas e tempo para o meu descanso. Mas, indubitavelmente, o que me devolve um grande (muito grande) sorriso.


aniversários 
Tantos e tão bons. De algumas das minhas pessoas (mais) bonitas. Ainda que não possa escrever mais sobre o assunto, sob pena de ficarem a saber mais do que o suposto, sabem que contam com o melhor de mim e com tudo aquilo que me é possível (fisicamente) dar.


mês de re- 
As baterias estão carregadas, o sol contribui, o coração é neste momento um lugar de paz, a energia é boa e tudo se vai alinhando. É, por isso, um mês de recomeço e dos vários "re-" que andam à volta. E é viver com uma certeza muito grande: tudo acontece no momento certo. 
SHARE:
© serendipity. All rights reserved.