24/10/2017

que seja doce

Este regresso ao trabalho após as férias. Este regresso à rotina, ao despertador e ao trânsito diabólico. E ao que resta desta wedding season.
Hoje, para comemorar todos estes regressos, e porque por aqui vive-se aquele agridocezinho pós-viagem, mostro-vos dois dos restaurantes mais doces (e gordinhos) de New York City.

  • Dirty French
O Dirty French é um típico bistrô nova-iorquino que conjuga na perfeição as influências da culinária moderna com o clássico francês. O espaço é giríssimo, super romântico e cozy, e fica localizado no Ludlow Hotel em Lower East Side. Mas não foi o espaço que me fez percorrer ruas e ruas, atravessar jardins, continuar a percorrer ruas em bairros bem boémios e alternativos, numa zona menos bonita de Manhattan. O que faz do Dirty French um must go de NYC, para mim, porque também não experimentei mais nada, são as panquecas. Uma. Uma panqueca. E todo o corpinho bate palminhas. 
Eleita a melhor panqueca de sempre.









  • Andrew's Coffee Shop
O Andrew's Coffee Shop fica mesmo no coração de Manhattan, na 7th Ave, super pertinho de Times Square e Madison Square Garden, e todos os dias convida para um café da manhã assim mesmo à americana (gordo, portanto). É um restaurante de ambiente familiar, decoração meio obsoleta e serviço e atendimento genuínos.
Só o descobrimos no último dia (a vida sempre sabe o que faz ahah) e não podia ter sido melhor para encerrar a 'fúria do açúcar' que se apoderou de mim assim que aterrei em New York. 
Eu escolhi um waffle com morangos e bacon (isso mesmoooo, combinação tão improvável quanto deliciosa) e o maninho, que não se encanta por nada que seja doce, optou por umas torradas com salsichas e ovos. 
Um dia quero ser como ele. Antes disso, quero repetir as idas ao Andrew's.





SHARE:
© serendipity. All rights reserved.